20/04/2010

Que dia, que tristeza....


Homenagem ao meu avô Fernando Benjamim
 
A ti que correu depressa
Tanto quanto esse tempo te levou a força
sinto saber tão pouco sobre tua vida
E agora que chegou o fim
Juro não ter sido por querer


Não quero lamentar o não feito
Mas quero compartilhar o que nos aconteceu
Aquele momento em que te vi já ido
Em que minha mão forte levantou o teu frágil corpo
Outrora  mais forte que o meu


As vezes penso melhor no teu subito fim
talvez tenha sido bem melhor para ti
Levarei comigo os curtos momentos que passei ao teu lado
Desse pouco contato, as histórias absurdas
As velhas piadas, o fusca velho na garagem,
As crocodilagens, as marcas do Benjamim


E do caminho que seguimos longe
Carrego a energia da tua força em mim
O rastro daquilo que foi
E agora renasce por fim
Pois já que tudo se tranforma
Então o fim não é só onde tudo termina
Mas é onde o novo, tem a sua chance de começar.


Ítalo Gabriel (20/04/2010)

Diagrama:

Cavalo - Aníbal Voyer

7 comentários:

  1. Ester neves pereira20 de abril de 2010 20:36

    As lagrimas que nao consegui derramar durante o velorio e o enterro,rolaram qdo li esse lindo poema feito pro vovô. Lindo,lindo!!! vc conseguiu extrair um raio x dele. pois pra mim só agora a ficha está caindo...Pra o velho Benjamim, minhas eternas saudades....

    ResponderExcluir
  2. Lindo o poema primo....
    As palavras q não consegui expressar, vc colocou em poema!
    Amoo muito você primo!!

    ResponderExcluir
  3. amigo ítalo: como as dobras e as palavras expressam tão bem os sentimentos. sinta meu coração com você. continuemos a dobrar.

    ResponderExcluir
  4. O poema é realmente lindo, pelo menos vc Ñ falou q o conhecia bem ou q vc sente tanto, tanto pela sua morte, o q ñ deve ser lá grande verdade... O texto é sem duvida muito lindo e só podia ter saido da tua cabeça mesmo.

    Sabe q eu te amo e q sinto o suficiente pela morte do Bivô... Mas pela vovó q ainda esta muito triste.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  5. Oi Ítalo! Lindo o poema! Meus sentimentos pelo seu avô. Perdi minha avô semana passada. A matriarca da família! Estava na cama há anos sofrendo, acredito que agora descansou de todo o sofrimento. Quanto ao conjunto de croche, é um pouco trabalhoso mas o resultado é compensador, assim como nos origamis. Beijo. Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  6. já te falei pessoalmente q está lindo, mano...
    vc escreveu justamente o q passa na cabeça e coração de nós, netos.
    te amo mano!
    agora precisamos unir mais o legado q ele deixou, nós, nossa família =]

    ResponderExcluir
  7. My gosh...
    eu nao consigo terminar o Little Turtle...
    e olha q faltam apenas 5 peças...
    nao consigo entender...
    ja te falei q tenho dislexia...
    kkkkkkkkk
    ...
    té!!!

    ResponderExcluir